À conversa com Nuno Cristóvão

Nuno Cristóvão, treinador do 1º Dezembro

À conversa com Nuno Cristóvão, para fechar a época passada e perceber como estaremos em 2010/2011.
.
Blog d 1º – Que balanço faz da participação do 1º Dezembro este ano na Liga dos Campeões?
Prof. Nuno Cristóvão – Faço um balanço negativo. Quando não se alcançam as metas definidas não pode haver sucesso. Foi o que sucedeu. Não conseguimos a passagem à fase seguinte da prova. Independentemente da valia das adversárias, nomeadamente do Rossiyanka (uma equipa totalmente profissional, desde as jogadoras à estrutura que a envolve) e da boa titude das jogadoras em todos os jogos, cometemos vários erros infantis no 1º jogo, condicionando toda a restante fase de qualificação. Resta-nos aprender com os erros e prepararmo-nos melhor para a participação em anos futuros.
.
Blog do 1º – Quais os objectivos para a época 2010/2011?
Prof. Nuno Cristóvão – Os objectivos do 1º Dezembro são sempre os mesmos: ganhar as competições em que participa. Este ano não foge à regra. Se queremos voltar à Liga dos Campeões Femininos temos de ser novamente campeões nacionais. É isso que vamos tentar, sabendo que o Campeonato Nacional vai ser ainda mais competitivo, fruto da valia das equipas adversárias e do recrutamento que algumas delas têm vindo a fazer.

Blog do 1º – Como analisa a equipa do 1.º Dezembro nesta nova época? Pensa que a ausência da capitã Carla Cristina (que terminou esta época a carreira) irá fazer-se sentir?
Prof. Nuno Cristóvão – A equipa do 1º Dezembro deste ano vai continuar a ser uma equipa forte, apesar das saídas que se verificaram. Aliás não poderia ser doutra forma. Temos o plantel que queriamos (com uma excepção), com uma grande competitividade interna (o que é sempre muito importante para o crescimento individual e colectivo). A ausência da Carla Cristina vai, naturalmente, sentir-se. Dizer o contrário seria não falar verdade. Não só pela grande qualidade técnico-táctica, mas sobretudo pelo facto de ser a líder do grupo das capitãs de equipa. Mas a vida tem mesmo estas coisas. Há ciclos que se fecham e outros que se abrem. Acredito sinceramente que as três guarda-redes do plantel vão lutar pelo lugar da Carla e tentar suprir a ausência da grande jogadora que foi a Carla Cristina, como também acredito que a equipa vai fazer um esforço suplementar no sentido de se unir e ajudar quem vai substituir a Carla na função de capitã, de forma a que a sua saída se faça de forma natural e positiva e a sua ausência não se note.
.
Blog do 1º -Prevê um campeonato mais competitivo do que o da época passada?
Prof. Nuno Cristóvão – Tal como já referi anteriormente, prevejo um Campeonato Nacional mais competitivo que os anteriores. Sem deixar de referir o valor das equipas que desceram ao Campeonato de Promoção (equipas muito novas e com grande margem de progressão e que vão certamente estar na primeira linha das que querem regressar à mais importante prova feminina portuguesa), parece-me que as equipas que subiram se perfilam como mais experientes e mais fortes actualmente. Além disso a maior parte das equipas que se mantêm, para lá de terem mais um ano de experiência competitiva, têm vindo a fazer um recrutamento muito forte no sentido de se tornarem mais fortes a todos os níveis. É isso que espero, o que só pode ser positivo para o crescimento das equipas e do próprio Futebol Feminino nacional
Anúncios

About S.U. 1º Dezembro | Futebol Feminino

Campeãs Nacionais de Futebol Feminino | National Women's Football Champions Ver todos os artigos de S.U. 1º Dezembro | Futebol Feminino

Comments are disabled.

%d bloggers like this: