Crónica do SU 1.º Dezembro – Oliveirense, por Diana Dias

Foi no passado domingo dia 23 de Maio que o 1.º Dezembro se sagrou pela nona vez consecutiva campeão nacional de futebol feminino, ao vencer a equipa do Oliveirense.

foto de Luzir

Sabendo desta possibilidade, vários adeptos se deslocaram a Sintra para assistir a esta partida, constituindo assim, muito provavelmente, a melhor assistência da época em jogos em casa para a equipa do 1.º Dezembro. Deste conjunto de adeptos queria destacar a equipa de iniciados masculinos do clube, que no mesmo dia se sagrou campeã e prepara-se agora para disputar, tal como nós, um campeonato nacional e a equipa feminina sub-18. O vosso apoio foi sem dúvida sentido dentro e fora de campo!

Em relação ao jogo, a equipa sintrense não conseguiu, infelizmente, corresponder em termos de qualidade de jogo ao que este público merecia. Após um início de jogo com alguma qualidade, com a equipa do Oliveirense a mostrar que não queria de forma alguma facilitar a festa por parte da equipa da casa, é o 1.º Dezembro que se adianta no marcador, aos 8’, por intermédio de Carla Couto. A jogada do golo tem início no corredor direito, com a equipa sintrense a recuperar a posse de bola na sequência de um lançamento de linha lateral adversário. Andreia Silva coloca no corredor central em Joana, que após fugir à marcação realiza um excelente passe em profundidade, para a desmarcação de Carla Couto, que calmamente tira a guarda-redes adversária do caminho da bola e finaliza.

Após o golo, o 1.º Dezembro procurou circular a bola e criar oportunidades de golo, mas à excepção de algumas boas jogadas pelo corredor direito (com Inês Borges a integrar bem o processo ofensivo da equipa e a criar situações de 2×1 no corredor lateral, com Andreia Silva), a equipa não conseguiu chegar com perigo à baliza adversária. O Oliveirense ainda festejou o golo do empate, após Filipa Patão ter marcado um autogolo, mas o golo não foi válido, uma vez que o jogo foi interrompido por fora-de-jogo.

Logo no início da 2.ª parte, aos 48’, a equipa do Oliveirense chega ao golo do empate pela avançada Andreia Gradim. O golo surge após marcação de um livre ainda no meio campo defensivo da Oliveirense, batido directamente para a grande área adversária. A defensiva sintrense não consegue o corte e Andreia Gradim realiza um chapéu a Carla Cristina, marcando assim um golo de belo efeito.

A equipa visitante acabaria mesmo por dar a volta ao resultado, ao marcar o 1-2, após conversão de uma grande penalidade assinalada a Filipa Francisco, aos 53 minutos de jogo.

Encontrando-se numa situação muito pouco familiar (apesar de durante o campeonato a equipa sintrense ter estado em desvantagem no marcador, nunca tal tinha acontecido com um período de tempo tão curto para dar a volta ao resultado), a equipa mostrou uma atitude muito positiva. Apesar das emoções estarem bem presentes, a equipa conseguiu manter o discernimento necessário para tomar conta do jogo e criar várias situações de perigo, que se traduzirem em dois golos, e, consequentemente, na vitória por 3-2.

O segundo golo é marcado por Filipa Patão, na sequência de um canto, aos 66 minutos. Após defesa incompleta da guarda-redes do Oliveirense, a árbitra Maria Manuela Oliveira considerou que esta transpôs totalmente a linha de golo, apesar dos protestos da equipa visitante.

O golo da vitória foi apontado por Tânia Pinto, aos 83’, após livre lateral no corredor direito, marcado por Carla Couto.

Após o final do jogo o momento foi de festa, à qual se juntaram os iniciados do 1.º Dezembro. Muita alegria, muito champanhe e a certeza de que a motivação para continuar a somar vitórias se mantém bastante presente!

Pessoalmente, não posso deixar de agradecer em primeiro lugar a toda a equipa técnica com destaque para o professor Nuno Cristóvão, pelo convite para fazer parte da sua equipa técnica, e para a treinadora Helena Bento, pela partilha, confiança e apoio sempre demonstrados, ao departamento médico e à secção de futebol feminino como estruturas fundamentais de suporte à equipa e a todas as jogadoras com quem trabalhei ao longo da época pela oportunidade de partilhar convosco estes momentos! É um prazer!

 

SU 1.º Dezembro 3 – 2 Oliveirense
4.ª jornada da 2.º fase do Campeonato Nacional de Futebol Feminino
Domingo, 23 de Maio, 17 horas

Equipa titular:
1- Carla Cristina

2 – Sara Ribeiro (45’, Carolina Mendes)
27 – Filipa Francisco (61’, Dolores Silva)

21 – Filipa Patão
22 – Inês Borges

6 – Cátia Relíquias

19 – Joana Rosa

28- Tânia Pinto
18 – Andreia Silva

9 – Carla Couto

5 – Solange Carvalhas (61’, Lara Matos)

Suplentes:
12 – Sara Machado

4 – Mónica Mendes

14 – Dolores Silva

15 – Filipa Galvão

25 – Sofia Venâncio

10 – Lara Matos

11 – Carolina Mendes

Advertisements

About S.U. 1º Dezembro | Futebol Feminino

Campeãs Nacionais de Futebol Feminino | National Women's Football Champions Ver todos os artigos de S.U. 1º Dezembro | Futebol Feminino

Comments are disabled.

%d bloggers like this: