“Sabor Especial”, FPF

Carla Cristina é a capitã de equipa do 1º de Dezembro (©FPARAISO)

“Sabor especial”
Quarta-Feira , 07 Abril 2010

A capitã de equipa do 1º de Dezembro, Carla Cristina, falou ao fpf.pt da importância da presença nesta Final da Taça de Portugal de Futebol Feminino. Apesar de já contar com vários títulos de campeã e quatro vitórias na Taça de Portugal, a guarda-redes, que está ligada aos grandes sucessos da formação de Sintra, defende que, o facto deste jogo ir ser disputado no Estádio Nacional, no Jamor, traz maior visibilidade à prova. Na sua última época enquanto jogadora, explica que esta Final no Jamor pode ser o coroar de uma carreira e espera que esta seja uma jornada importante na promoção do Futebol Feminino.

A ex-internacional lusa, que iniciou a sua carreira no Grupo Desportivo Operário Terras da Costa aos 15 anos, representou o Trajouce (uma época), o Sporting CP (três épocas), o Futebol Benfica (uma época) e finalmente o 1º de Dezembro que defende há 14 temporadas. Carla Cristina conta com 82 internacionalizações (registadas entre 16 de Março de 1995 e 23 de Setembro de 2006), 28 delas como capitã da Equipa das Quinas.

fpf.pt: Considera o jogo da Final da Taça de Portugal uma partida especial? O que significa para as jogadoras disputar a Final pela primeira vez no Estádio Nacional?
Carla Cristina (CC): Claro que esse é um jogo especial. Todos os jogos da Taça têm um cariz diferente e são de certa forma especiais e este ano tem ainda existe o aliciante da Final ser disputada no Jamor, o que torna esse jogo ainda mais especial.

fpf.pt: Já levantou a Taça de Portugal por quatro vezes. Poderá haver algum sentimento diferente desta vez, caso o 1º de Dezembro conquiste novamente a prova?
CC: Será, sem dúvida, muito especial. Primeiro de tudo trata-se do meu último ano a jogar Futebol, por isso se vencermos vai ser a ‘cereja em cima do bolo’. Em segundo lugar, será também importante para o 1º de Dezembro, pois significará o coroar de uma era. Durante os últimos dez anos vencemos a maioria das provas em que participámos a nível nacional. Se conseguirmos levantar a Taça na primeira edição da Final em que esta é disputada nesse estádio mítico será extraordinário.

fpf.pt: Pelo seu historial, não só por ter vencido nove dos últimos dez campeonatos mas também por ter conquistado quatro das seis edições da Taça de Portugal, pode dizer-se que o 1º de Dezembro parte como favorito para esta Final?
CC: Olhando para esse historial e à capacidade que a equipa tem apresentado é natural que tenhamos de assumir esse favoritismo, mas trata-se de uma Final…

fpf.pt: O que é preciso fazer para vencer a Taça, num jogo perante a formação do Boavista que deverá também apresentar-se super-motivada?
CC: Temos que acreditar que temos capacidade para ganhar. Sabemos que a equipa adversária também tem muito valor e por isso não podemos desvalorizar de alguma forma o Boavista. Vamos ter de jogar nos limites, dando tudo o que temos, sem nunca subestimar o adversário, reforço. Julgo que dessa forma – dando o nosso melhor – podemos ganhar.

fpf.pt: Contam com muito público a apoiar a vossa equipa no dia 10 de Abril?
CC: Contamos com o apoio do nosso público e penso que vai ser uma Final extraordinária. Já toda a gente fala desta Final – os nossos colegas e amigos já comentam e vão lá estar. Contamos com muita gente a ver o jogo. Ter muito público a assistir é extraordinário para quem joga. Vai também ser um bom jogo para promover o Futebol Feminino. Estamos a fazer todos os possíveis para isso aconteça e que vá muita gente ao Estádio. As jogadoras estão muito empenhadas nesse objectivo, tanto as do 1º de Dezembro, como as do Boavista.

Anúncios

About S.U. 1º Dezembro | Futebol Feminino

Campeãs Nacionais de Futebol Feminino | National Women's Football Champions Ver todos os artigos de S.U. 1º Dezembro | Futebol Feminino

Comments are disabled.

%d bloggers like this: