“Superioridade transalpina”, in FPF

Ana Borges apontou o golo luso (©FPFFrancisco Paraiso)

Sábado , 27 Março 2010

A Selecção Nacional Feminina defrontou, na tarde deste sábado, a sua congénere italiana, num encontro de qualificação para o Campeonato do Mundo Alemanha 2011. A formação lusa saiu derrotada por 3-1.

Depois da derrota por 2-0 em solo italiano, as comamdadas de Mónica Jorge entraram em campo confiantes, assinando as melhores oportunidades de golo. Á passagem do minuto 11, Edite Fernandes, aproveitou uma perda de bola na área italiana para bater a guardiã adversária, tendo o remate sido interceptado pela defensiva transalpina.

Seis minutos volvidos, a Itália esteve perto de marcar, mas Neide, numa tarde inspirada, desviou o remate de Elisabete Tona e a recarga, que levava selo de golo, de Melania Gabbiadini. A formação transalpina começou a tomar conta do jogo e, na sequência de um canto, Elisabetta Tona acabou mesmo por inaugurar o marcador.

Após um período mais equilibrado, com lances divididos entre as duas equipas, Ana Borges, a passe de Ana Cristina Leite, empatou a partida com um bonito chapéu à guardiã transalpina. Na jogada seguinte, a capitã Patrizia Panico voltou a colocar as italianas em vantagem.

Pouco antes do intervalo, Edite Fernandes tentou surpreender Picarelli com um remate de fora de área, mas a guardiã italiana conseguiu evitar o segundo tento luso, já em esforço. Motivada pela vantagem que levou para o intervalo, a formação italiana entrou mais decidida na segunda metade do jogo, obrigando a Equipa das Quinas a uma maior organização defensiva.

À passagem do minuto 70, na cobrança de um livre à entrada da área lusa, Elisa Camporese, através de um remate colocado e em força, dilatou a vantagem transalpina para 3-1, estabelecendo o resultado final.

Continuar a crescer
No final do encontro, Mónica Jorge destacou o poderio físico das adversárias, que, “desde cedo, se assumiram como fortes candidatas ao primeiro lugar do grupo”. “A Itália conseguiu criar mais oportunidades e soube aproveitar as nossas falhas, uma vez mais. É uma equipa que está claramente melhor preparada, em termos físicos, com muita atitude e capacidade ofensiva, mas não podemos esquecer que fomos a única equipa a marcar à Itália”, explicou.

Apesar da derrota, a Seleccionadora Nacional acredita que estes jogos, de nível superior, ajudam a equipa a crescer. “Sabíamos desde o princípio que seria muito complicado garantir a presença nos play-off, porque estaríamos perante grandes equipas, mas não deixamos de acreditar na nossa evolução e aprendizagem. A equipa precisa destes jogos para ser cada vez melhor, para manter a esperança de subir no ranking e dar provas da sua qualidade”.

Portugal saiu dignificado
Satisfeito com a vitória que lhe poderá garantir o apuramento, Ghedin Pietro elogiou o tipo de jogo luso e a forma como a Equipa das Quinas se apresentou no encontro. “As coisas estão mais fáceis, mas nada está decidido, porque ainda faltam muitos jogos. Fiquei muito satisfeito com a vitória, sobretudo porque defrontámos uma grande equipa, que nos últimos tempos tem evoluído bastante. Portugal saiu dignificado deste encontro”, disse.

Clique aqui para consultar os resultados e classificação do Grupo 7 de apuramento para o Campeonato do Mundo Alemanha 2011.

Ficha de Jogo
Jogo de Qualificação Campeonato do Mundo Alemanha 2011
Complexo Desportivo da Tocha.
Árbitra: Florea Babadac-Ionescu (Roménia).
Árbitras Assistentes: Irina Mirt (Roménia e Monica Rigo (Roménia).
4ª Árbitra: Sandra Bastos (Portugal).

PORTUGAL 1-3 ITÁLIA (1-2, ao intervalo)

Portugal: Neide Simões, Carole, Kimberly Brandão, Sílvia Rebelo, Sónia Matias (Noémia Figueiredo, 58′), Dolores Silva (Joana Carvalho, 30′), cláudia Neto, Carla Couto, Ana Borges (Sofia Vieira, 85′), Ana Cristina Leite e Edite Fernandes – CAP.
Suplentes não utilizadas: Jamila Marreiros, Paula Cristina, Mónica Gonçalves e Carolina Mendes.
Treinadora: Mónica Jorge.
Golos: Ana Borges (41′).
Disciplina: Cartão amarelo a Sónia Matias (36′), Carla Couto (45′) e Carole (62′).

Itália: Ana Maria Picarelli, Sara Gama, Roberta D’Adda, Elisabetta Tona, Viviana Schiavi, Alessia Tutino (Pamela Conti, 45′), Giulia Domenichetti, Elisa Camporese (Raffaella Manieri, 90’+3′), Marta Carissimi, Melania Gabbiadini (Alice Parisi, 77′) e Patrizia Panico – CAP.
Treinador: Ghedin Pietro.
Suplentes não utilizadas: Chiara Marchitelli, Silvia Fuselli, Giorgia Motta e Evelyn Vicchiarello.
Golos: Elisabetta Tona (24′), Patrizia Panico (43′) e Elisa Camporese (70′).
Disciplina: Cartão amarelo a Melania Gabbiadini (36′) e Pamela Conti (74′).

As comandadas de Mónica Jorge voltam a entrar em campo na próxima quarta-feira (31 de Março), desta feita diante da Arménia. O encontro está agendado para as 15h00, no Complexo Desportivo da Tocha.

in FPF

Advertisements

About S.U. 1º Dezembro | Futebol Feminino

Campeãs Nacionais de Futebol Feminino | National Women's Football Champions Ver todos os artigos de S.U. 1º Dezembro | Futebol Feminino

Comments are disabled.

%d bloggers like this: