“Feminina A: Dolores Silva dá conta das expectativas lusas”, in FPF

Dolores Silva deu voz às expectativas da Equipa das Quinas (©FPARAISO)

 Quarta-Feira , 24 Março 2010

A Selecção Nacional Feminina A continua a preparar a jornada dupla de qualificação para o Campeonato do Mundo Alemanha 2011, diante da Itália e Alemanha, que terá lugar na Tocha.

Neste terceiro dia de trabalhos, Dolores Silva deu voz às expectativas da Equipa das Quinas para estes dois encontros, agendados para os próximos dias 27 e 31 de Março.

fpf.pt: Quais as expectativas da equipa para estes dois jogos que se aproximam?
Dolores Silva (DS): O primeiro encontro será complicado, até porque já defrontámos a Itália e estamos cientes do valor que as nossas adversárias possuem. Porém, o nosso objectivo passa por fazer um resultado positivo que nos permita somar pontos. Contra a Arménia nunca jogámos e, apesar de ser um adversário teoricamente, mais fácil, não podemos preparar esse encontro pensando que é um jogo ganho. Acima de tudo, temos de respeitar os nossos adversários, mas sempre com vontade de ganhar.

fpf.pt: O mais importante, neste momento, é somar pontos?
DS: Vamos fazer tudo para conseguir somar pontos e avançar na classificação, mas sobretudo queremos continuar a fazer o que temos feito e bem. Os bons resultados têm aparecido, graças à aplicação da equipa e à evolução que temos registado e é importante que continuemos a deixar a nossa marca, dando provas da nossa atitude e empenho. Só um maior número de pontos nos permitirão aceder à próxima fase, mas é fundamental que consigamos dar provas da nossa qualidade e mostrar que o Futebol Feminino pode ir mais longe.

fpf.pt: Os bons resultados que a Selecção Nacional tem alcançado deixam-vos com boas perspectivas para o futuro?
DS: Sim, é óbvio que os bons resultados nos fortalecem e ajudam-nos a preparar os desafios que se avizinham. Quando somos bem sucedidas, sentimo-nos mais motivadas e confiantes para encarar o futuro.

fpf.pt: Quais são as mais valias deste grupo de trabalho?
DS: Sem dúvida alguma, é o nosso espírito de grupo. Temos muito bom ambiente, sentimo-nos como uma verdadeira família e somos muito unidas. Penso que o nosso ponto forte passará exactamente pela noção de entreajuda que temos e a capacidade que temos de nos apoiar nos piores momentos.

fpf.pt: O que significa para uma jogadora representar a Selecção Nacional?
DS: É um sentimento único, o sonho de qualquer jogadora. Cheguei a um patamar muito elevado de reconhecimento e orgulho, a que todas as jogadoras esperam chegar e sinto-me feliz por poder representar o meu país tão nova. É uma satisfação muito grande poder conviver e aprender com jogadoras de referência e fazer parte de um grupo tão bom, tão forte.

fpf.pt: De que forma poderás contribuir para o sucesso da Equipa das Quinas?
DS: Quando entro em campo, o meu único objectivo é tentar cumprir com as minhas funções, com o que os técnicos esperam de mim. Independentemente de marcar golos ou de os dar a marcar, quero dar o meu melhor para ajudar a equipa a alcançar os seus objectivos.

in FPF

Advertisements

About S.U. 1º Dezembro | Futebol Feminino

Campeãs Nacionais de Futebol Feminino | National Women's Football Champions Ver todos os artigos de S.U. 1º Dezembro | Futebol Feminino

Comments are disabled.

%d bloggers like this: