“Alemanha Revalida o Título”

A fase final do campeonato da Europa de Sub-17 jogou-se em Nyon, Suiça

A fase final do campeonato da Europa de Sub-17 jogou-se em Nyon, Suiça

«A Alemanha revalidou o título de campeã europeia feminina de Sub-17, e de forma avassaladora, com a nova estrela da equipa, Kyra Malinowski, a marcar cinco golos na vitória categórica sobre a Espanha.

As jogadoras alemãs comemoram a conquista de mais um título (© UEFA)

As jogadoras alemãs comemoram a conquista de mais um título (© UEFA)

Domínio
Malinowski já tinha sido autora de um “hat-trick” na meia-final, frente à França, e o seu desempenho soberbo, juntamente com o protagonizado pelas restantes companheiras de equipa, entusiasmou o público presente em Nyon. A Alemanha teve uma exibição plena de ritmo, força e capacidade concretizadora, que a selecção adversária foi incapaz de conter. Trata-se da vitória mais dilatada numa final das competições da UEFA, e significa que a Alemanha conquistou todos os Campeonatos Europeus Femininos Sub-17 desde que a prova foi instituída, na época anterior.

Golo madrugador
Ambas as equipas principiaram o jogo de forma confiante, depois de triunfos nas meias-finais, e a Espanha quase alcançou uma liderança inesperada aos 15 segundos, quando um erro defensivo proporcionou o remate de Esther González, mas que foi desviado pela guardiã alemã, Anna Felicitas Sarholz. A Espanha pagou caro esse falhanço três minutos depois, quando Lynn Mester – uma das três sobreviventes da equipa do ano passado, juntamente com Carolin Simon e Claudia Götte – aproveitou um cruzamento de Ramona Petzelberger para cabecear a bola e fazê-la entrar junto à barra da baliza.

Vantagem ampliada
Impulsionada pelo golo madrugador, a Alemanha pressionou e, depois de Leonie Maier ter rematado ao lado, voltou a facturar, aos 17 minutos. A irrequieta Nicole Rolser movimentou-se pela direita e fez um cruzamento rasteiro para a área, onde Malinowski não perdoou. A Espanha estava claramente atordoada com o rumo dos acontecimentos e a guarda-redes Sandra Paños fez uma defesa a dois tempos, negando primeiro o golo a Mester e, na recarga, a Petzelberger. À beira do intervalo, Malinowski, em boa posição, podia ter marcado novamente, mas a bola saiu ao lado. A primeira parte terminou com Laura Gutiérrez a desviar em cima da linha um remate de Petzelberger, que levava o selo de golo.

Mais golos
Qualquer esperança da Espanha em recuperar ruiu dois minutos após o recomeço da partida. A impressionante Petzelberger e Mester combinaram na área para oferecer o golo a Malinowski, que desferiu um remate indefensável e aumentou a vantagem. Três minutos depois e já o marcador registava 4-0, após Malinowski irromper pela defensiva espanhola e rematar fora do alcance de Paños, fazendo o seu segundo “hat-trick” da semana. No entanto, ainda não tinha terminado.

Kyra Malinowski marca um dos seus cinco golos (© UEFA)

Kyra Malinowski marca um dos seus cinco golos (© UEFA)

Quinto de Malinowski
A jogadora haveria de marcar o quarto da sua conta pessoal – o quinto da Alemanha – cinco minutos depois, à medida que a resistência da Espanha era cada vez mais ténue, com Malinowski a desmarcar-se para receber o passe a rasgar de Rolser, e fazendo a bola passa por cima de Paños. A capitã espanhola, Anabel Martínez, que não tinha alinhado de início, mas que entrou para o lugar da lesionada Yazmina Rodríguez, no final da primeira parte, cometeu falta sobre Rolser para penalty, a 12 minutos do fim, permitindo o golo à capitã alemã, Johanna Elsig. A palavra final pertenceu, inevitavelmente, a Malinowski, quando, já perto do fim, aproveitou um mau alívio e, de ângulo apertado, selou o resultado final de um dia que ela e as colegas de equipa jamais esquecerão.»

Anúncios

About S.U. 1º Dezembro | Futebol Feminino

Campeãs Nacionais de Futebol Feminino | National Women's Football Champions Ver todos os artigos de S.U. 1º Dezembro | Futebol Feminino

Comments are disabled.

%d bloggers like this: