Alemanha na Final do EURO Sub-17

Campeonato da Europa Feminino de Sub-17

Campeonato da Europa Feminino de Sub-17

«Um “hat-trick” da atacante Kyra Malinowski ajudou a Alemanha, campeã em título, a superar a oposição de uma França resistente e, assim, alcançar a final do Campeonato Europeu Feminino de Sub-17, a disputar na próxima quinta-feira, frente à Espanha.

Kyra Malinowski (segunda à esquerda) é felicitada depois de fazer o 3-1 para a Alemanha (© UEFA)

Kyra Malinowski (segunda à esquerda) é felicitada depois de fazer o 3-1 para a Alemanha (© UEFA)

Caminhada perfeita
As duas equipas partiram para este jogo com um registo defensivo imaculado, depois de não terem sofrido golos em seis jogos da fase de qualificação. A Alemanha, autora de 46 tentos nessa fase, chegou ao intervalo em vantagem, graças a golo de Malinowski. Apesar de Anaïs Ribeyra ter empatado a contenda, Annika Doppler rapidamente fez o 2-1 e Malinowski marcou por duas vezes depois do intervalo, mantendo a caminhada perfeita das germânicas – com triunfos em todos os jogos realizados até ao momento desde que principiou esta edição da competição, na temporada 2007/08.

Golo inaugural
A Alemanha começou melhor, mas nenhuma das guarda-redes foi chamada a intervir até aos 14 minutos, quando Pauline Peyraud-Magnin defendeu um remate de longa distância de Carolin Simon que, tal como Lynn Mester e Claudia Götte, eram as únicas sobreviventes da equipa que derrotou a França, na final do ano passado. A selecção gaulesa passou incólume por um momento de perigo à passagem dos 22 minutos, quando um cabeceamento em mergulho de Rolser, ao segundo poste, embateu na barra, depois de cruzamento de Annika Doppler. Peyraud-Magnin mantinha-se atenta, desviando por cima da barra um remate perigoso de Mester, mas do canto que se seguiu resultou o golo inaugural, aos 15 minutos. A França não afastou a bola cruzada por Ramona Petzelberger e a ponta-de-lança Malinowski limitou-se a empurrar para o fundo da baliza.

Vantagem restabelecida
A resposta da França foi corajosa e rápida. Ribeyra demonstrou persistência e, no contra-ataque, apareceu isolada, mas o seu remate foi defendido por Anna Felicitas Sarholz num primeiro instante, não conseguindo impedir a recarga posterior. De repente, assistia-se a uma partida frenética e emotiva, com a Alemanha a recuperar a liderança no marcador dois minutos depois. Doppler flectiu para dentro e rematou desde o canto esquerdo da grande área, com a bola a entrar junto ao canto superior, fazendo um belo golo.

Resultado dilatado
A França tinha lutado arduamente para suster o ímpeto da Alemanha na primeira parte, mas a tarefa tornou-se ainda mais difícil depois do recomeço da partida. Um remate de Rolser foi afastado em cima da linha-de-golo, com Peyraud-Magnin a não ser capaz de fazer a emenda, lance que, no entanto, Malinowski aproveitou para facturar.

“Hat-trick” selado
No entanto, as francesas recusaram-se a baixar os braços e aceitar a derrota. A capitã Marion Torent obrigou a uma defesa acrobática de Sarholz, depois de um remate de longe, e Charlotte Fernandes, recém-entrada em campo, na sequência de um cruzamento-remate que passou perto da boca da baliza, fez lembrar à Alemanha que a tarefa ainda não estava concluída. Coube a Malinowski selar a vitória, coroando uma excelente exibição individual, contornando Peyraud-Magnin e fazendo o quarto nos instantes finais. Agora segue-se a Espanha, para saber quem conquista o título, na próxima quinta-feira, já depois de a França jogar contra a Noruega, em jogo de atribuição do terceiro lugar.»

in pt.uefa.com

Anúncios

About S.U. 1º Dezembro | Futebol Feminino

Campeãs Nacionais de Futebol Feminino | National Women's Football Champions Ver todos os artigos de S.U. 1º Dezembro | Futebol Feminino

Comments are disabled.

%d bloggers like this: