“Quincas Team” vence Taça Coca-Cola

«A equipa feminina “Quincas Team” e a equipa masculina “APF – Amadores e Profissionais de Futebol” são as grandes vencedoras da 7ª edição da Taça Coca-Cola. A final do maior torneio de futebol juvenil não federado do país jogou-se na Academia Sporting/Puma, em Alcochete, a 6 de Junho.

Na final feminina, a equipa “Quincas Team”, de Lisboa, bateu por uns expressivos 3-0 a equipa “Na Esquina Cá Te Espero”, de Santarém. Jessica Garra, com 2 golos, e Jessica Cordeiro, com 1 golo, foram as marcadoras de serviço.

"Quincas Team", repleta de jovens jogadoras cheias de talento

"Quincas Team", repleta de jovens jogadoras cheias de talento

A qualidade de ambos os jogos reflecte o enorme talento dos jovens jogadores que, depois de vencerem as respectivas etapas regionais, chegaram à tão desejada final da Taça Coca-Cola.

O prémio Fairplay, que distingue as equipas que melhor se comportaram no torneio ao respeitarem as regras de jogo e, acima de tudo, os adversários, foi atribuído às formações “Nike Pro Team”, equipa masculina vencedora da etapa regional do Porto, e à equipa feminina “Clube Desportivo Feirense”, campeã na etapa regional de Aveiro.

Daniel Carriço, jovem jogador do Sporting Clube de Portugal, não quis deixar de felicitar os jovens talentos do futebol nacional e entregou os respectivos troféus às equipas vencedoras da 7ª edição da Taça Coca-Cola.

As finais de ambos os escalões e a consagração dos vencedores foram transmitidas pela Sport TV 3, que deslocou para o local uma vasta equipa, que garantiu a emissão em directo e em exclusivo dos jogos.

O dia de competição contou com a presença de 24 equipas, num total de 400 jovens provenientes de 12 distritos de Portugal continental, Açores e Madeira. Ao longo dos últimos 4 meses, a Taça Coca-Cola reuniu mais de 11 mil rapazes e raparigas em torno da prática desportiva, num ambiente de companheirismo, amizade e fairplay.

A edição deste ano da Taça Coca-Cola ficou marcada pela forte adesão dos jovens jogadores. Prova disso são os números recordes de participação registados em quase todos os distritos: Coimbra, Viseu, Açores, Porto, Setúbal, Braga e Lisboa.

Aliás, a etapa portuense, bracarense e lisboeta foram as mais concorridas da prova. Em cada um deles, cerca de 2 mil jovens disputaram o troféu regional e alimentaram o sonho de vir a jogar uma verdadeira final de campeões.

A Taça Coca-Cola iniciou-se a 7 de Fevereiro, na Madeira. Seguiram-se as etapas de Évora, Coimbra, Aveiro, Viseu, Santarém, Ribeira Grande (Açores), Porto, Setúbal, Braga, Lisboa e Faro.

“Mostra o teu Futebol” foi o desafio proposto pela Coca-Cola e aceite por milhares de jovens. A edição deste ano do torneio foi apadrinhada por Yannick Djaló, um jovem talento que tem vingado no futebol profissional pela determinação, ambição e genuinidade do seu estilo de jogo.

Mais do que entrar num torneio de futebol, participar na Taça Coca-Cola é uma oportunidade de viver, na prática, o espírito de equipa, num ambiente de companheirismo, amizade e convivência.

O crescente número de inscrições de ano para ano, comprova que esta é uma iniciativa de referência para a promoção do desporto e da juventude e, além de inspirar a vontade de vencer, o torneio assume o objectivo de lutar pela promoção do gosto por uma vida activa e saudável.

A Taça Coca-Cola teve início em 1998, no México, num torneio de futebol de 11 pensado para toda a América Latina. Por ser um evento totalmente dedicado aos jovens, ao futebol e à prática desportiva, foi rapidamente alargado a outros países e chegou a Portugal em 2002, com um grande sucesso junto das escolas.

A nível europeu, a Taça Coca-Cola registou já mais de um milhão de participantes, provenientes de 12 países: Áustria, Bélgica, República Checa, Reino Unido, Grécia, Irlanda, Itália, Portugal, Polónia, Eslováquia, Espanha e Suíça.

Nesta edição, aliaram-se à Coca-Cola o Instituto do Desporto de Portugal, o Instituto Português da Juventude e o Instituto da Droga e da Toxicodependência.»

In ojogo.pt, via cpmartin.web.pt

Um curto comentário para referir que tivemos oportunidade de assistir à final feminina e ficámos radiantes. Por vários motivos, a começar pelo facto de estar a ser transmitida, em directo, uma partida de Futebol Feminino sem se tratar de um jogo da Selecção Nacional! Depois, o facto de ter sido jogada em relva mostrou que o Futebol Feminino consegue ser algo muito bonito. O futebol praticado foi uma surpresa! Aquelas meninas, tanto da “Quincas Team” como da “Na Esquipa cá te Espero”, têm grande qualidade técnica e táctica.

Parabéns às suas equipas técnicas!

Anúncios

About S.U. 1º Dezembro | Futebol Feminino

Campeãs Nacionais de Futebol Feminino | National Women's Football Champions Ver todos os artigos de S.U. 1º Dezembro | Futebol Feminino

Comments are disabled.

%d bloggers like this: