“Associação das Mulheres e do Desporto queixa-se de os torneios de Futsal e Futebol não terem vertente feminina”

Público de 16 de Maio de 2009

Público de 16 de Maio de 2009

«Um grupo de mulheres praticantes de futebol de onze e de futsal está a promover uma petição à Assembleia da República contra a discriminação de género na organização da 2.ª edição dos Jogos da Lusofonia, que se realiza em Portugal entre 11 e 19 de Junho. Alfredina Silva, Daniela Costa, Fernanda Piçarra, Helena Bento, Helena Costa e Isabel Cruz são as promotoras desta petição on-line que pretendem entregar na Assembleia da República no início de Junho.

Isabel Cruz, dirigente da Associação Mulheres e Desporto, explicou ao PÚBLICO que há selecção de futebol de onze e de futsal em Portugal, Brasil, Angola, Moçambique, Sri Lanka e Índia, pelo que considera “estranho não entrarem nestes segundos Jogos” as selecções femininas. Tanto mais que em 2006, na 1.ª edição dos Jogos da Lusofonia que decorreu em Macau, “havia modalidades, como o básquete e o vólei, que não tinham equipas de todos os países”.

A promotora da petição sustenta ainda que esta exclusão cria “um desnível de participação e faz descer a participação feminina neste torneio em 26 por cento”. E lembra que desde 1991 que a Carta Olímpica contempla a igualdade de género, pelo que não há novas modalidades olímpicas que não abranjam ambos os sexos.

O presidente do Comité Olímpico de Portugal (COP), Vicente Moura, responsável pela participação portuguesa neste torneio, declarou ao PÚBLICO que considera esta petição “um disparate”. E argumentou que “os Jogos têm um perfil e condicionantes específicas”. E contra-ataca: “E por que não há natação? Por que não participam as selecções de hóquei em patins, em que Portugal tem grandes tradições, por exemplo? Por que havia de estar o futebol feminino?”, questiona, defendendo que “é preciso que haja equipas em todos os países participantes nos Jogos da Lusofonia”.Vicente Moura afirma ainda que há limitações financeiras e logísticas à expansão das modalidades: “Os Jogos já custam à volta de três milhões de euros. Se crescerem muito, ninguém vai querer realizá-los e a sua continuação torna-se insustentável”, declarou o líder do COP.

As modalidades contempladas nesta 2.ª edição dos Jogos da Lusofonia são futebol de onze, futsal, atletismo, basquetebol, voleibol e voleibol de praia, taekwondo, ténis de mesa, desporto para deficientes e judo, que é uma estreia. Mas apenas o futebol de onze e o futsal não abrangem as equipas femininas.»

In publico.clix.pt, via C.P. Martim

Para continuar a subscrever a Petição pela Igualdade no Desporto (versão digital), clicar aqui.

Anúncios

About S.U. 1º Dezembro | Futebol Feminino

Campeãs Nacionais de Futebol Feminino | National Women's Football Champions Ver todos os artigos de S.U. 1º Dezembro | Futebol Feminino

Comments are disabled.

%d bloggers like this: