Dolores Silva, na primeira pessoa, sobre a chamada à Selecção Nacional AA

Dolores Silva, "Dó", uma das capitãs Sub-19 no mini-torneio de apuramento para o EURO Sub-19

Dolores Silva, "Dó", uma das capitãs Sub-19 no mini-torneio de apuramento para o EURO Sub-19

Há muito que andávamos atrás da nossa para que partilhasse o que sentiiu quando foi convocada, pela primeira vez, para um estágio da Selecção Nacional AA

Dolores Silva tem apenas 17 anos e já conta com vários Campeonatos ganhos (distritais de juniores  e nacionais da 1.ª divisão), Taças de Portugal,  participações na UEFA Women’s Cup, representações da Selecção Sub-17 da AFL  e internacionalizações Sub-19 e AA.

Eis o que sentiu esta pequena campeã:

«Ir pela primeira vez a Selecção Nacional AA foi algo que não consigo explicar por simples palavras. Foi um momento muito especial e um dos mais importantes da minha vida, pois foi o realizar de um dos meus maiores sonhos.

Não contava ser chamada ainda tão nova (à Seleccção Nacional AA), e isso é um motivo de grande orgulho, dá-me ainda mais motivação para continuar a trabalhar para alcançar os meus objectivos.

A convocatória para o Mundialito 2009 foi sem dúvida uma experiência muito gratificante para mim, não só como jogadora, pois aprendi muito, mas também como pessoa, porque me ajudou a crescer.

Em termos colectivos fui de facto muito bem recebida! É certo que também foi fácil a minha integração no grupo devido a conhecer metade das jogadoras (ou porque já jogaram comigo, ou porque ainda são colegas de equipa), mas também porque as colegas que não conhecia me receberam muito bem. Foi muito fácil integrar-me naquele grupo. Senti-me mesmo muito bem no grupo e a grande prova desse bem-estar foi o facto de existir uma grande união entre a equipa, o que acabou também por se reflectir nos resultados. De facto, quando um grupo é unido, quando todos lutam pelo mesmo objectivo, tudo se torna muito mais fácil e bonito.

Estar ali, juntos das As foi um grande desafio para mim, ainda tão nova. Poder fazer parte daquela Selecção, cheia de grandes talentos e onde encontro os exemplos que quero seguir no futuro, foi um sonho. A experiência não se compara aquela que tenho nas Sub-19, pois o nível de exigência é superior e a pressão é mais elevada. No entanto, para mim, o facto de vestir a camisola da Selecção Nacional, quer seja nas Sub-19 ou nas AA, é sempre um peso. Quero sempre dar tudo e fazer o melhor! É sem dúvida um orgulho muito grande para mim!

A chamada à Selecção Nacional AA foi simplesmente um momento… único! Espero voltar a ter oportunidade de viver de novo a mesma experiência. Para tal, vou continuar a trabalhar.»

Obrigada, !

Anúncios

About S.U. 1º Dezembro | Futebol Feminino

Campeãs Nacionais de Futebol Feminino | National Women's Football Champions Ver todos os artigos de S.U. 1º Dezembro | Futebol Feminino

Comments are disabled.

%d bloggers like this: